•  04 out 2016  •

Meningite em bebês – a história do carrinho de supermercado

Meningite em bebês, assim como o rotavírus são alguns dos pesadelos dos pais! Já ouvi muitas pessoas dizendo que é besteira forrar o bebê conforto dos carrinhos de supermercados ou aqueles que se alugam em shoppings, antes de se colocar o bebê. Quando se trata da higiene dos nossos filhos todo cuidado é pouco sim!

Se os vírus foram realmente contraídos pelo carrinho eu não sei (mas temos afirmações da equipe médica que cuidou do Logan), o que sei é que os vírus estão em todo lugar, porém, melhor prevenir que remediar, pelo menos eu penso assim!

Logan, de 10 meses, também foi diagnosticado com salmonela, rotavírus e adenovírus; a infecção foi tão grave que ele precisou ficar 8 dias na UTI

Meningite em bebês

Uma mãe fez um alerta sobre a utilização do bebê conforto que vem em carrinhos de supermercado através da sua rede social, nesta segunda-feira. Vivienne Wardrop, de 35 anos, afirmou que, após ir ao supermercado em Helensvale, no Reino Unido, seu filho começou a apresentar diversos sintomas e logo foi diagnosticado com salmonela, meningite e outros vírus.

De acordo com o Daily Mail, o pequeno Logan, de 10 meses, começou a ter problemas menos de 24 horas após usar a cadeirinha. A mãe afirmou que no dia 14 de setembro, ele começou a ter diarreia, vômitos e febre. Os sintomas pioraram e, no dia seguinte, o bebê já expelia sangue nas fezes.

Ao ser encaminhado para o hospital, os médicos começaram a bateria de exames e ficou constatado que o menino estava com salmonela, rotavírus, adenovírus e meningite. A infecção foi tão grave que Logan precisou ficar 8 dias na UTI do hospital.

Após avaliação da rotina da criança, a equipe de diagnósticos concluiu que o único evento distinto no dia a dia de Logan, foi a utilização do bebê conforto no mercado.

Em entrevista ao site, Viviane disse que seu filho perdeu 10% de gordura corporal em três dias. Por orientação do médico, ela foi aconselhada a ficar ainda mais atenta à higiene dos bebês confortos compartilhados em supermercados. O alerta da mãe no Facebook já foi compartilhado mais de 2.900 vezes.

Veja o relato da mãe na íntegra:

“Quero alertar os pais que utilizam os bebês conforto dos carrinhos de supermercado sem limpá-los ou usar um cobertor.

Nunca pensei nisso, apenas colocava o bebê lá e ia fazer as compras. Eu nunca tinha ido a nenhum lugar com meu filho durante a semana, então os médicos disseram que seria o único lugar que ele poderia pegar.

Meu bebê de 10 meses acordou doente no dia seguinte. Levei par ao hospital e e ele acabou na UTI por 8 dias. Ele pegou adenovírus, rotavírus, salmonela e meningite por causa da sua baixa imunidade. Ele ficou no hospital por 10 dias e levou ainda mais uma semana para se recuperar completamente.

Por favor, tenham cuidado. Eu nunca pensei que isso poderia acontecer”.

Vivienne Wardrop

“Just wanted to warn parents against using baby seats in trolley without wiping down or using a blanket.
Didn’t even think about it just popped him in and did a quick shop. I hadn’t been anywhere with him in a week so doctors advised only place he could of gotten it.
My 10 month old woke up the next morning so sick. Took him to hospital and he ended up in intensive care for 8 days. He ended up catching adenovirus, rotavirus, salmonella poisoning and got meningitis because of the strain on his body. Ended up with a central line as his veins were collapsing due to severe dehydration. He was in hospital for a total of 10 days and will still take another week or 2 to fully recover.
So please be careful I never thought something like this could happen”.

 

Fonte: O Dia  , Daily Mail 

0 Comentários
Saúde e Bem Estar
Deixe seu comentário